Surdez e perda auditiva

Segundo a World Health Organization, no mundo todo, 360 milhões de pessoas tem perda auditiva incapacitante (328 milhões de adultos e 32 milhões de crianças), sendo que aproximadamente um terço dos idosos com mais de 65 anos afetados.  

Causas de surdez e perda de audição

As causas da perda de audição e surdez podem ser divididas em causas congênitas e causas adquiridas.

 

Causas congênitas

Nesse caso, a perda de audição pode ser causada por fatores genéticos hereditários e não hereditários ou por algumas complicações durante a gravidez e parto, incluindo:

  • Rubéola materna, sífilis ou outras infecções durante a gravidez;
  • Baixo peso ao nascer;
  • Falta de oxigênio no momento do nascimento);
  • Uso inadequado de medicamentos durante a gestação;
  • Icterícia grave no período neonatal, que pode danificar o nervo auditivo em um recém nascido;

Causas adquiridas

As causas adquiridas podem levar à perda de audição no decorrer da vida e em qualquer  idade. Conheça algumas:

  • Doenças infecciosas, incluindo meningite, sarampo e caxumba;
  • Infecções crônicas da orelha;
  • Otite média), comum entre as crianças;
  • Uso de determinados medicamentos, como os utilizados no tratamento de infecções neonatais, malária, tuberculose, etc;
  • Ferimento na cabeça ou no ouvido;
  • Ruído ocupacional excessivo;
  • Exposição intencionais a sons altos, como o uso de fones de ouvido em volumes elevados e por longos períodos de tempo e frequência em festas e outros eventos;
  • Degeneração de células sensoriais (envelhecimento);
  • Cera ou qualquer outro elemento bloqueando o canal auditivo;

 

Quer saber mais? Clique Aqui e conhece a Ouviclin.